"O Flamengo é quem dita a tendência", diz Arnaldo

UOL: Com a demissão do técnico Mano Menezes e do diretor de futebol Alexandre Mattos após a derrota por 3 a 1 para o Flamengo, o Palmeiras agora busca os substitutos e o nome do argentino Jorge Sampaoli é um dos mais citados na mira do clube paulistano. Durante o primeiro bloco do episódio número 10 do podcast Posse de Bola, Arnaldo Ribeiro ressaltou que não há garantia de melhor alguma mesmo com Sampaoli de treinador.

"A gestão Alexandre Mattos foi responsável por títulos nacionais, algumas conquistas e tudo mais com mais ou menos o perfil de treinador que ele mesmo direcionada e agora o Palmeiras muda. Porém, nas mãos da Leila, da Mancha Alviverde, do Galiotte, você não sabe se vai mudar para melhor. Já tem uma grande coisa, não sei se muda para melhor. O Palmeiras não tem a perspectiva 'nós vamos melhorar para o ano que vem'. Não tem nenhuma garantia", afirma o jornalista.

Jorge Jesus, Vitinho e Vitor Gabriel campeões da Libertadores pelo Flamengo - Foto: Divulgação
Arnaldo lembrou que o caso palmeirense é semelhante ao que viveu o Flamengo na última temporada antes de decidir pela contratação de Abel Braga para seguir o exemplo do que havia dado certo no Palmeiras e vê o campeão de 2018 tentando repetir o que fez o rival, mas ressalta que não é tão fácil o bom resultado.

"Nós estamos entrando em dezembro e era mais ou menos o cenário em dezembro do ano passado, o Palmeiras campeão e o Felipão gestor de grupos e elencos grandes, o Flamengo se inspira e 'vamos pegar nosso Felipão aqui, o Abel'. Agora mudou completamente, o Flamengo é quem dita a tendência, só que de uma forma inédita, avassaladora no futebol brasileiro para o bem. Agora, é mais fácil você tentar um novo Felipão do que você tentar um novo Jorge Jesus", completou.

Eduardo Tironi citou o discurso de Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, que apontou para uma mudança de direção e vê o clube sem uma segunda opção no caso de não conseguir o acerto com o atual técnico do Santos.

"Mas a conversa do Galiotte ontem, ele não falou 'eu vou trazer o Sampaoli', mas ele foi indicando e foi dando caminhos ali que vai ser mais ou menos isso. Não vai mudar muito disso e não está nem contando com a possibilidade de não conseguir", disse Tironi.
Para Mauro Cezar Pereira, não basta apresentar uma boa proposta financeira na tentativa de contratar Jorge Sampaoli, é preciso dar autonomia para o argentino na hora de escolher os jogadores para contratar.

"Não é só grana, ninguém vai contratar um cara como o Sampaoli só com o dinheiro. É preciso grana e também poder. Ele não vai querer aceitar o Palmeiras numa condição. Eu até achava que em tese era mais difícil ele com o Mattos. Digamos, o Mattos quer contratar um novo lateral e aí ele ia dizer 'mas quem é esse lateral? Esse eu não quero', tirando como base o que aconteceu com o Jesus lá no Flamengo", disse Mauro.

Ele vê o Palmeiras tentando repetir o que fez o rival, mas ressalta que não é tão fácil o bom resultado.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget