Para Mauro, Diego foi o melhor jogador do Flamengo contra Al-Hilal

COLUNA DO FLA: Na final da Libertadores, contra o River Plate, Diego Ribas entrou em campo no segundo tempo e foi decisivo na conquista do título. Nesta terça, na estreia do Flamengo no Mundial, não foi diferente. O camisa 10 substituiu Gerson e, ao lado de Arrascaeta, comandou o meio campo do Mais Querido, que estava atrás no placar e não conseguia criar jogadas. Para Mauro Cezar, Diego foi o principal nome da vitória contra o Al-Hilal.

– O Diego entrou muito bem no jogo, participou da jogada do segundo gol, no cruzamento do Rafinha. Para mim, o principal nome do time brasileiro nesse jogo. Aproveitou muito bem o corredor que havia à sua disposição, apoiou bastante, cruzou a bola na cabeça do Bruno Henrique, que curiosamente foi decisivo mais uma vez (…) Acho que foi uma vitória com o Flamengo jogando bem menos do que pode apresentar, mas o que me parece é que, a essa altura, é muito improvável que o Flamengo consiga ter um desempenho lá em cima -, destacou o comentarista.



O Rubro-Negro venceu a equipe da Arábia Saudita por 3×1, de virada. Arrascaeta, Bruno Henrique e Al-Bulayhi (contra), marcaram os gols da vitória, classificando o Maior do Mundo para a grande final da Copa do Mundo de Clubes da Fifa. O Flamengo entra em campo novamente no próximo sábado (21), às 14h30 (de Brasília), e vai conhecer o seu adversário nesta quarta-feira. Liverpool e Monterrey vão se enfrentar para decidir o segundo final do Mundial de Clubes.

O camisa 10 substituiu Gerson e, ao lado de Arrascaeta, comandou o meio campo do Mais Querido, que estava atrás no placar.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget