Flamengo dispensa 27 jogadores das Categorias de Base

O DIA: Como acontece em todo começo de temporada, a diretoria da categoria de base do Flamengo se reuniu para traçar o planejamento, decidir quais jogadores continuarão e quais serão dispensados para procurarem outros clubes. No total, 27 atletas, entre as categorias Sub-14 e Sub-20, foram comunicados que não ficarão em 2020, entre eles cinco sobreviventes da tragédia do Ninho do Urubu, que aconteceu em fevereiro de 2019 e vitimizou dez pessoas. São eles: Caike Duarte Pereira da Silva (2005), Felipe Cardoso (2003), João Vitor Gasparin Torrezan (2005), Naydjel Callebe Boroski Struhschein (2005) e Wendel Alves Gonçalves (2005).

As avaliações internas de cada atleta levam em consideração, principalmente, parte técnica e projeção no Flamengo. Como os 27 não foram aprovados em todos os critérios acabaram sendo desligados para procurarem outros clubes. Além disso, a diretoria da categoria de base entende que a liberação desses respectivos atletas é uma forma de fazer com que eles encontrem um time aonde possam atuar mais e darem sequência à sua formação e desenvolvimento como jogadores.

Foto: Marcelo Cortes
Os comunicados são feitos pelos supervisores das categorias que os jogadores estavam atuando e sempre por telefone, já que são atletas do Brasil inteiro. Cada supervisor comunica aos familiares dos atletas de sua respectiva categoria, como acontece nos demais clubes brasileiros.

Entre eles cinco sobreviventes da tragédia do Ninho do Urubu, que aconteceu em fevereiro de 2019 e vitimizou dez pessoas.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget