"Palmeiras super-rico não se compara ao Flamengo", diz Nicola

TORCEDORES: O comentarista Jorge Nicola, da ESPN, usou o exemplo da contratação de Miguel Borja, pelo Palmeiras, em 2017, e de Michael, pelo Flamengo, no início de 2020, para explicar que não há comparação entre a riqueza do clube paulista anos atrás e do atual clube carioca.

Segundo o jornalista, especialista em mercado da bola, a maior contratação da história do Palmeiras é equivalente e até menor que a aquisição de um reserva para o Flamengo.

“O Palmeiras ‘rico’ dos últimos anos teve como maior investimento o (Miguel) Borja, que custou R$ 33 milhões. O Flamengo comprou o Michael, para ser reserva, por R$ 34 milhões”, explicou Nicola durante o programa Bate Bola ESPN, quando a discussão era sobre o peso que o Flamengo terá se não ganhar as principais competições da temporada.



“Para mim, aquele Palmeiras ‘super-rico’ de anos atrás não se compara como tamanho da riqueza do Flamengo de hoje. Não é um problema, pelo contrário, é uma vantagem. Mas ao mesmo tempo quando você contrata assim, traz enorme peso (para as disputas de 2020).”

O Flamengo fez sua última contratação para a temporada durante a semana, quando anunciou Gabigol definitivamente por cerca de R$ 81 milhões. A equipe rubro-negra já havia gastado cerca de R$ 63 milhões na aquisição do uruguaio De Arrascaeta no início do ano passado. O Fla ainda adquiriu os direitos de jogadores como Bruno Henrique, Vitinho, Léo Pereira e outros atletas, todos por mais de R$ 20 milhões.


Segundo o jornalista, a maior contratação da história do Palmeiras é equivalente e até menor que a aquisição de um reserva para o Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget