Dorival reencontra ex-comandados: "Prazeroso ver evolução deles"

GLOBO ESPORTE: De um lado, o Flamengo de Gabigol. Do outro, o Athletico com seu novo comandante, mas bastante conhecido de vários jogadores da equipe carioca. Neste domingo, Dorival Júnior reencontra eles na partida contra o Flamengo, pela Supercopa do Brasil, na decisão entre o campeão brasileiro e o campeão da Copa do Brasil. O jogo está previsto para as 11h, no Mané Garrincha, em Brasília.

Antes do duelo entre rubro-negros, o treinador encheu a bola de Gabigol, artilheiro do Brasileiro em 2019, com 43 gols marcados. Foi Dorival quem deu chance e confiança para o atacante no Santos, onde se criou. O jogador era reserva do Peixe até o técnico dar uma oportunidade como titular, em 2015.

- O Gabriel tem uma particularidade: ele não se assusta com o gol. É um jogador de definição, que trabalha em espaços curtos ou com campos mais abertos, buscando infiltrações e movimentações dentro da área. E quando a bola chega, ele sabe como ninguém empurrar pra dentro do gol. Ele é diferenciado nesse aspecto. Para todos nós que acompanhamos esse crescimento é uma satisfação poder presenciar um momento como esse desse jogador em especial – disse em entrevista ao GloboEsporte.com.

Foto: Staff Images
Desde o Figueirense, seu primeiro clube como treinador, Dorival é conhecido por revelar jogadores e ser adepto da filosofia de abrir espaço a jovens. Na última edição da Copa América, no ano passado, vários jogadores tiveram a primeira oportunidade com ele ou passaram por suas mãos ainda no começo de carreira, como Philippe Coutinho (Bayern de Munique), o volante Allan (Napoli) e lateral-esquerdo Filipe Luis (Flamengo).

- Eu acredito que dos técnicos que trabalham nas séries A e B, eu faça parte desse grupo que acredita, lança e busca alternativas dentro do próprio grupo de trabalho. Sempre foi uma marca, sempre busquei valorizar o que acontecia dentro do clube, e acho que isso cria uma identidade entre o atleta e o clube formador. Acho fundamental que tenhamos vários jogadores formados nas categorias de base dos clubes. Por isso que eu acredito muito nisso.

E não é apenas Gabigol que Dorival conhece bem. Outros seis jogadores do atual elenco estavam no Flamengo durante a sua passagem pelo clube, em 2018: Diego, Arão, Diego Ribas, Everton Ribeiro, Vitinho e Thuler.

- Eu conheço a grande maioria dos jogadores, até porque das contratações que chegaram, por coincidência, foram jogadores que estavam comigo em outros clubes. Mas acho que o fato de conhecer bem o time não seria um ponto tão positivo, que poderia ajudar ou faria diferença. Hoje as equipes se conhecem, todas sabem virtudes e defeitos. As dificuldades e facilidades do jogo vão depender exclusivamente da postura e do posicionamento dos jogadores, tanto de Flamengo quanto Athletico.

Além deles, o atacante Bruno Henrique foi contratado pelo Santos, no começo de 2017, a pedido de Dorival. Na época, o jogador estava no Wolfsburg, da Alemanha, e foi comprado pelo Peixe por R$ 14 milhões. Revelado pelo Cruzeiro, o atacante já chamava a atenção do técnico em 2015, quando era destaque do Goiás.

Outros três jogadores também passaram por Dorival em outros clubes, como o zagueiro Rodrigo Caio, com quem trabalhou no São Paulo, o zagueiro Gustavo Henrique, no Santos, e o lateral-esquerdo Filipe Luís, no Figueirense em 2003, que mudou de posição por sugestão do treinador. Saiu do meio de campo para a lateral.

- É prazeroso poder ver a evolução que eles tiveram. Foram jogadores que tiveram um crescimento gradativo e consolidaram tudo aquilo que já se esperava de cada um. Fico feliz de ter participado de um trecho da carreira deles, porque todos foram trabalhados com muito carinho e dedicação. É uma satisfação ver jogadores como Gabriel e Bruno Henrique frequentando a seleção, e outros fazendo ótimas campanhas. Para qualquer profissional isso mostra muito aquilo que foi trabalhado.

O jogo contra o Flamengo será o segundo oficial de Dorival no comando do Athletico. Contratado após a saída de Tiago Nunes, o treinador comandou a equipe em dois amistosos na Argentina, contra Racing e Boca Juniors, e um jogo-treino contra o sub-23 do Grêmio. A estreia foi contra o Paraná Clube (empate em 1 a 1), na Arena da Baixada, pela quinta rodada do Campeonato Paranaense.

- Espero que façamos uma grande partida e apresentação, até porque estaremos enfrentando uma das grandes equipes do futebol mundial neste momento.

A TV Globo transmite a partida com narração de Galvão Bueno e comentários de Casagrande e Júnior. O SporTV também transmite, com narração de Luiz Carlos Jr. e comentários de Ledio Carmona e Petkovic. O GloboEsporte.com acompanha tudo em Tempo Real.

Wilton Pereira Sampaio apita a partida, com Bruno Pires e Fabrício Vilarinho da Silva. O árbitro de vídeo será Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP).

A primeira edição da Supercopa do Brasil, entre Flamengo (campeão brasileiro) e Athletico (campeão da Copa do Brasil) está marcada para domingo, às 11h, no Mané Garrincha, em Brasília. Em caso de empate, a taça será decidida nos pênaltis. Já foram vendidos cerca de 40 mil ingressos para a decisão.

O jogo contra o Flamengo será o segundo oficial de Dorival no comando do Athletico.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget