Flamengo eliminou o Flu com mais futebol e menos preparo físico

ALEXANDRE PRAETZEL: O Flamengo desfilou no Maracanã enquanto teve pernas e venceu o Fluminense, na semifinal da Taça Guanabara. O placar de 3 a 2 foi construído com imensa naturalidade por um elenco que se reapresentou dia 27 de janeiro, 16 dias atrás. A diferença técnica foi gritante e o Flamengo construiu o placar com menos de dez minutos de jogo, fazendo 2 a 0. Quando o Flu “entrou” na partida, a desvantagem já era grande. Muriel falhou no primeiro gol e Henrique no segundo. Enquanto o Fluminense era uma pilha de nervos, o Flamengo trabalhava sem problemas.

No segundo tempo, o Fla fez o terceiro gol com Filipe Luís e parecia que iria golear, tal a distância sobre o adversário. No entanto, relaxou e deu espaços para a reação do Fluminense. Os gols de Lucas Claro e Evanílson reabriram o confronto e os 20 minutos finais foram de equilíbrio, com o Fluminense visivelmente mais descansado. Jorge Jesus fez apenas uma substituição até os 16 minutos do segundo tempo e viu o Fluminense com mais gás do que o Flamengo.

Foto: Divulgação
Apesar de correr riscos, Jesus manteve a coerência de aproveitar sua força máxima e conseguiu administrar a vantagem até o final. O Flamengo passa para a decisão do primeiro turno e pega Boavista ou Volta Redonda na decisão. O Fluminense, que tinha a vantagem do empate, foi derrotado por começar mal e permitir que o rival abrisse vantagem rapidamente, dificultando uma grande reação. É verdade que lutou bastante e teve três gols anulados corretamente, mas isso só aconteceu depois que o Flamengo cansou.

A continuar assim e com o Flamengo mais preparado em todos os sentidos, o futebol carioca será apenas de um clube. Fato.

A continuar assim e com o Flamengo mais preparado em todos os sentidos, o futebol carioca será apenas de um clube. Fato.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget