Jorge Jesus diz que árbitro quem colocou o Fluminense no jogo

COLUNA DO FLA: Flamengo e Fluminense entraram em campo na noite desta quarta-feira (12), para disputar uma vaga na final da Taça Guanabara. O Mais Querido foi superior em quase todo o confronto e dominou o jogo. No entanto, os minutos finais foram um verdadeiro ‘teste para cardíaco’. O Rubro-Negro desacelerou e viu o Tricolor buscar a reação. Dois lances de gol do time das Laranjeiras estavam impedidos, mas o árbitro foi até o VAR para a conferência. Ao final do segundo tempo, a arbitragem assinalou oito minutos de acréscimo e foi criticada pelo técnico do Flamengo.

– Foi um grande jogo, o Flamengo durante uma hora foi uma equipe de alto nível com os dias de trabalho. Foi nosso terceiro jogo, o Fluminense fez oito. Não demos hipótese ao Fluminense. Fizemos três gols, o Fluminense na bola parada fez 3-1 e depois o árbitro quis que o Fluminense entrasse no jogo. 5 horas de jogo, foi no VAR enganar quem? Mas foi divertido, o Fluminense está muito melhor que o ano passado. Ainda não temos pilhas para 90 minutos -, destacou o Mister.

Jorge Jesus - Foto: Alexandre Vidal
Jorge Jesus escalou a equipe com ‘força máxima’ para enfrentar o Fluminense e apenas Rodrigo Caio, ainda em recuperação de lesão (após corte no joelho), não jogou. E foi exatamente no setor defensivo que o Flamengo encontrou problemas. Gustavo Henrique e Léo Pereira não conseguiram estar bem entrosados e a zaga falhou nos dois lances de gol do Tricolor. No entanto, o Maior do Mundo conseguiu administrar o resultado e sair com a vitória por 3×2.

O Flamengo vai disputar a final da Taça Guanabara contra o vencedor do duelo entre Boavista e Volta Redonda. Mas, enquanto o dia da decisão estadual não chega, o Rubro-Negro se prepara para ir em busca do primeiro título do ano: no próximo domingo (16), vai entrar em campo contra o Athletico-PR, em duelo válido pela final da Supercopa do Brasil. O confronto será disputado no Maracanã, às 11h (horário de Brasília), com transmissão televisionada pela TV Globo.

Ao final do segundo tempo, a arbitragem assinalou oito minutos de acréscimo e foi criticada pelo técnico do Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget