Jorge Jesus na busca pela zaga ideal do Flamengo

LANCE: A zaga é um dos setores do Flamengo que está em construção e ainda não atingiu o estilo de Jorge Jesus. O técnico teve duas perdas: a definitiva, Pablo Marí, que foi negociado com o Arsenal, e a parcial Rodrigo Caio, que, em recuperação de um corte profundo no joelho direito, só deve retornar para a Supercopa do Brasil - no dia 16 de fevereiro, em Brasília, contra o Athletico-PR.

Deste modo, o português busca moldar o seu estilo de jogo aos novos jogadores que reforçam o elenco para esta temporada.

Sem os dois zagueiros que eram titulares na temporada passada, a primeira oportunidade de aparecer recaiu sobre Gustavo Henrique e Thuler. O cria do Ninho do Urubu chegou a entrar em algumas partidas em 2019, mas não conseguiu ter uma sequência entre os titulares. Já o novo contratado busca entrosamento e ainda não está integralmente adaptado ao esquema de Jesus.

Gustavo Henrique, zagueiro do Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
O gol do Resende, na última segunda-feira, explica bem a situação da zaga. Em um contra-ataque, a equipe alvinegra roubou a bola, Gustavo Henrique tentou a interceptação, mas o adversário deu um passe vertical. Neste momento, Thuler ficou desguarnecido. Em uma finalização cruzada, Alef Manga abriu o placar no Maracanã. O Mister pincelou um detalhe tático sobre este lance:

– Muitos treinadores já falam sobre isso em todo o mundo (conceito de bola coberta e descoberta). Mas operacionalizar isso é o que faz a diferença. Gustavo Henrique está trabalhando comigo há uma semana. Tem uns princípios ainda que não são os meus – disse o treinador antes de completar.

– Vamos, com o tempo, corrigindo, esta forma de olhar para o jogo, quando ele está na ação defensiva. Isso originou o gol do Resende, mas antes disso eu já estava alertando os dois que estavam se posicionando mal em relação ao atacante. O Gustavo vai, com certeza, entender nossa forma de defender o mais rápido possível. É um jogador muito poderoso no jogo aéreo. Agora vai entender coletivamente como a equipe defende – complementou.

LÉO PEREIRA ESTÁ DISPONÍVEL

Para a partida contra o Madureira, neste sábado, às 18h, no Maracanã, Jorge Jesus terá à disposição mais um reforço. Léo Pereira, que atuou pelo Athletico-PR em 2019, já está regularizado e pode entrar em campo. Ele é canhoto e tem características similares a de Marí, como a precisão no passe longo.

Além dele, os jovens Dantas e Rafael Santos - titulares nas primeiras rodadas com o time alternativo, comandado por Maurício Souza - completam as opções do Mister.

Rafinha e Filipe Luís, que compõem a defesa, são os dois soberanos no setor. Com qualidade técnica, os jogadores demonstraram eficiência no esquema adotado por Jesus e têm a titularidade garantida.

Em tempo: Rafinha e Filipe seguem o ritual de, antes dos jogos e logo após o aquecimento no gramado, fecharem uma rodinha para que a zaga saia intacta.

Léo Pereira, que atuou pelo Athletico-PR em 2019, já está regularizado e pode entrar em campo.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget