Wallim Vasconcellos deixa o Flamengo

ESPN: O vice-presidente de finanças do Flamengo, Wallim Vasconcellos, entregou seu cargo na noite da última segunda-feira.
Após uma pré-candidatura à presidência do clube, em 2012, que foi impugnada, Wallim também foi vice de futebol no início do primeiro mandato de Bandeira de Mello. Os dois chegaram a disputar o cargo na eleição seguinte, mas Bandeira levou a melhor.

Segundo Mauro Cezar, a saída de um dos principais nomes da chapa que venceu as eleições de 2018 “reflete" a insatisfação de alguns dirigentes com a maneira como o clube vem sendo comandado. Ele acrescenta que o "poder está centralizado”.

Wallim Vasconcellos - Foto: Paula Reis
O jornalista ainda destaca que as decisões são tomadas por um trio, que é formado pelo presidente Rodolfo Landim, o vice de relações externas, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, e também o vice de comunicação e marketing, Gustavo Oliveira.

Sobre as questões que envolvem a tragédia no Ninho do Urubu, são 'adicionados' ao trio o vice geral e jurídico, Rodrigo Dunshee, e o CEO, Reinaldo Belotti. É ressaltado pelo jornalista que muitos vices “sequer foram ouvidos em momentos importantes nos últimos 12 meses”.

Através do Twitter, o vice de futebol, Marcos Braz, publicou uma mensagem de agradecimento ao ex-dirigente.

Wallim foi vice de futebol no início do primeiro mandato de Eduardo Bandeira de Mello, depois de uma pré-candidatura à presidência.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget