Técnico e jogadores do Flamengo falam de temor do coronavírus

LANCE: Cada vez mais alarmante ao redor do mundo, o surto do novo coronavírus tem influenciado diretamente a organização dos esportes globo afora. A pandemia tornou-se assunto na zona mista e no auditório do Maracanã, onde os jogadores, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, e Jorge Jesus falaram a respeito. A "apreensão" foi admitida, primeiramente pelo treinador.

- Não tenho capacidade de ter uma opinião científica. Espero bem que conheçam a causa e encontrem uma vacina para conter o vírus. Claro que estamos todos apreensivos. Não sabemos o que fazer, o que as instituições esportivas podem fazer. Vamos ver socialmente. Pelo que sei, o Brasil não tem tantos indicadores como na Europa, principalmente em Portugal que está um pouco em pânico - disse Jesus, em entrevista coletiva.

Foto: Alexandre Vidal
Liga dos Campeões com jogos de portões fechados, jogador da Juventus com a doença diagnosticada, temporada da NBA suspensa e, possivelmente, os jogos das Eliminatórias Sul-Americana a serem adiados. Estes são alguns exemplos de como o esporte tem sido afetado nos últimos dias.

O Flamengo tem três jogadores convocados para a Seleção Brasileira - Bruno Henrique, Everton Ribeiro e Gabigol. Marcos Braz disse que ainda não houve contato da Conmebol para com os clubes a respeito deste tema.

- Ainda não teve nenhum contato da Conmebol. Essa é uma preocupação do mundo inteiro. Essa é uma pergunta muito fácil de responder: o Flamengo vai seguir as recomendações do Ministério da Saúde, do governo e dos órgãos que vão tratar desse assunto. Se tiver de paralisar o campeonato, vamos apoiar. Se tiver jogo, jogaremos. Não tem achismo, o que for determinado, vamos cumprir - falou Braz, completando:

- Acho que assusta toda a população, todo mundo. Há uma preocupação em não ter assistência para todas as pessoas, por exemplo. Como ser humano, não como dirigente, a gente fica preocupado.

Em tempo: torcedores do Flamengo foram ao Maracanã com máscaras em alusão ao coronavírus. Alguns rubro-negros adotaram o tema com bom humor, nesta noite, já que os utensílios, vendidos nos arredores do estádio, tinham frases como "Outro patamar" e "Hoje tem gol do Gabigol" escritas.

Veja o que jogadores do Flamengo falaram sobre coronavírus:

Bruno Henrique
- Preocupante. Se for em prol de todo mundo, não tem o porque não tomar as medidas. É assustador o que está acontecendo no mundo inteiro. Temos de nos precaver. Estar sempre ligado com essa situação. Não é algo simples.

Diego Ribas
- É algo que estamos nos informando cada vez mais e temos de respeitar as decisões. O importante é preservar a saúde de todos. Para isso, quem for responsável vai tomar as decisões e respeitaremos.

Thiago Maia
- A gente fica triste, mas tem pessoas qualificadas vendo isso. Até vocês mesmo (jornalistas) é bom passar álcool na mão.

Marcos Braz disse que ainda não houve contato da Conmebol para com os clubes a respeito deste tema.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget