Tite diz porque não convocou Gerson, do Flamengo

ESPN: Tite chamou três jogadores do Flamengo em sua primeira convocação da seleção brasileira em 2020. Gerson, porém, ficou de fora. O treinador foi questionado sobre a decisão de não incluir o meio-campista e ressaltou que a escolha não teve relação com a negativa do atleta para disputar o Pré-Olímpico na Colômbia no início do ano.

"É essencialmente técnica as escolhas dos atletas, ela tem esse cunho, ela é fundamental, e são todos jogadores que estamos acompanhando e tem nível técnico elevado. Às vezes é um pequeno detalhe, um momento técnico, da equipe, físico, clínico, às vezes é início de temporada... Tem uma série de aspectos”, disse o treinador.

“Às vezes a gente pensa que é só escolher, é o modelo de jogo que interfere... É escolha! Técnico tem essa prerrogativa, mas o primeiro pilar é técnico e esse nível dos atletas por vezes ficam muito próximos", acrescentou.

Gerson, campeão da Recopa pelo Flamengo - Foto: Marcelo Cortes
A questão gerou polêmica depois de uma declaração do coordenador técnico Juninho, que disse que “tudo é levado em conta” em uma convocação. Nesta sexta, porém, ele negou que se referia especificamente ao caso do rubro-negro.

“Só para aproveitar e responder: quando fui perguntado, foi na sequência de alguém ter falado do Gerson. Deu a conotação que era do Gerson, mas não estava falando dele, estava falando do nosso critério e teve toda essa polêmica. Só para reiterar: eu não estava falando de nenhum jogador.”

Do Flamengo, Tite convocou três nomes para o setor ofensivo: Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol. Já entre os meio-campistas, onde brigava Gerson, as opções foram: Arthur, Bruno Guimarães, Casemiro, Fabinho e Philippe Coutinho.

Ele disse que a escolha não teve relação com a negativa do atleta para disputar o Pré-Olímpico na Colômbia no início do ano.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget