Covid: Sindicato revela preocupação do Flamengo com familiares

GAZETA ESPORTIVA: A rotina da quarentena é dura e, apesar do receio, os jogadores do Flamengo querem voltar ao trabalho. Já são dois meses de paralisação do futebol pela pandemia da Covid-19. Com o CT do Ninho do Urubu fechado, os atletas tentam manter a forma em suas próprias casas.

A falta do convívio social com os companheiros, dos treinos e da rotina de jogos tem elevado o nível de ansiedade dos profissionais. A incerteza quanto ao futuro da modalidade pós-pandemia é outro fator que influencia o psicológico.

O clube tem se preparado para o retorno aos treinos e feito o possível para minimizar possíveis contaminações. O receio de contrair o vírus é real entre os atletas, mas o desejo de voltar ao trabalho é grande.

Foto: Divulgação
Em entrevista ao ao canal do jornalista Venê Casagrande, Alfredo Sampaio, presidente do Sindicato dos Atletas, revelou ter conversado com os jogadores.

“O que é muito claro é que eles querem voltar, como todos os demais. Sentem falta do trabalho do futebol, de jogo e treino”, disse Sampaio.

“Sabem que tem que treinar pela importância das competições, mas naturalmente detém a preocupação como todos os demais. O receio deles, desde o início, e não só do Flamengo, mas de todos, é a contaminação extensiva à parentes, filhos. Essa é a grande preocupação”, completou.

O Flamengo realizou testes da Covid-19 em 293 pessoas, entre atletas e profissionais do seu departamento de futebol. Os testes deram positivo para 38 indivíduos, inclusive três jogadores.

“Conversamos de uma forma tranquila e ficou entendido que o retorno vai depender da sequencia de recuperação dessas pessoas. A situação no Flamengo ela é diferente, foi o único clube que eu tenha conhecimento que aplicou os testes, teve os resultados e deu positivo inclusive nos atletas, então naturalmente estão se resguardando em um momento delicado como esse”, afirmou Sampaio.

Na última sexta-feira, o clube iniciou a segunda bateria de testes para da Covid-19. Profissionais do clube ligados diretamente com o retorno aos treinamentos foram os primeiros a participar, inclusive o técnico Jorge Jesus. Os testes dos jogadores estão programados para o início da semana.

O receio de contrair o vírus é real entre os jogadores, mas o desejo de voltar ao trabalho é grande.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget