Danilo: "Vão passar uns três anos com Flamengo ganhando tudo"

UOL: Bicampeão mundial, Danilo acredita que o Flamengo seguirá empilhando taças nos próximos anos. Convidado do Jogo Aberto de hoje, o ex-jogador colocou o Rubro-negro como 'time a ser batido' no futebol brasileiro.

Atual campeão brasileiro e da Libertadores, o Flamengo já conquistou, este ano, a Supercopa do Brasil, a Recopa Sul-Americana e a Taça Guanabara.

"O Flamengo está muito bem. Vai ser o time a ser batido, na minha opinião. Não vai ser fácil, porque é um time entrosado, mexe muito pouco, machucando poucos jogadores. Está no momento de ganhar mesmo. Eu acredito que vão passar uns dois ou três anos com o Flamengo na ponta, ganhando tudo", opinou o ex-meia.

Foto: Divulgação
Em relação à volta do futebol, defendida pelo Rubro-negro, Danilo acredita que o ideal seria esperar 'um pouco mais. Até o momento, o Brasil tem 374.898 casos confirmados de covid-19, além de 23.473 óbitos.

"Não sei se vale a pena voltar neste momento. Falam que o momento mais difícil é agora, então, na minha opinião, tinha que esperar um pouco mais. Só que também tem o período de treinamento. Como que vai voltar sem treinar? Acho que o mais difícil será isso, voltar e os jogadores não estarem tão bem. Na minha opinião, tinha que esperar um pouco mais", disse.

Aposentado há um ano, Danilo não escondeu o desejo de voltar aos gramados, agora como auxiliar e, futuramente, treinador:

"A minha é mais para dentro do campo, como um auxiliar ou, no futuro, treinador. Estou há um ano parado, mas penso em voltar ao futebol. Meu pensamento é em fazer os cursos e começar a minha carreira. Sei que você jogar é uma coisa, ser treinador é outra, mas é algo que vivi minha vida inteira. Tenho uma saudade muito grande de estar aí. Quem sabe, no futuro, não possa lançar uma carreira como treinador", comentou o ex-jogador, que lamentou não ter defendido a seleção brasileira:

"Pelo menos um jogo faltou, por tudo isso aí. Tantos títulos, tantos gols, e nunca ter jogado um jogo pela seleção. Às vezes você pega jogador que tem dois, três títulos, jogou em clube grande por um ano ou dois anos e jogou na seleção", completou.

Campeão mundial tanto pelo São Paulo (2005) quanto pelo Corinthians (2012), Danilo ainda escolheu o adversário mais complicado que enfrentou no Mundial de Clubes. Segundo ele, o Liverpool deu mais trabalho para o Tricolor do que o 'robótico' Chelsea ao Alvinegro.

"Foram dois jogos muito difíceis. A gente sabe que ganhar o Mundial não é fácil. Na minha opinião, o Liverpool era muito mais time que o Chelsea. O jogo contra o Liverpool foi mais difícil. (...) O Chelsea era um time mais robótico, e isso ajudou um pouco", elegeu.

Convidado do Jogo Aberto de hoje, o ex-jogador colocou o Rubro-negro como 'time a ser batido' no futebol brasileiro.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget