Flamengo pagará direito de imagem a Jorge Jesus em novo acordo

GLOBO ESPORTE: Por PVC

A proximidade da renovação do contrato de Jorge Jesus, como informada no domingo pelo repórter Eric Faria, deve contar com engenharia financeira para compensar a alta do euro. Quando Jorge Jesus assinou seu acordo, em 19 de junho do ano passado, a cotação estava em R$ 4,40. Ela não é fixa e a variação da moeda foi de 41% depois da crise do coronavírus. Já chegou a R$ 6,23.

Para compensar esta diferença, e também por filosofia da gestão de Rodolfo Landim, o Flamengo pretende dividir os pagamentos de Jorge Jesus com 60% em carteira de trabalho e 40% em direitos de imagem. Há um ano, quando ouviu esta ideia pela primeira vez, Jorge Jesus não entendeu. Se nunca houve este tipo de proposta para ele, nem Sporting Braga, nem no Belenenses, Benfica, Sporting ou Al Hilal, por que razão deveria aceitar?

Foto: Divulgação
Por isso, o acerto teve 100% em carteira de trabalho. Ou seja, o Flamengo pagou mais impostos do que costuma fazer com seu elenco de jogadores, porque todos os jogadores mais valiosos recebem 40% em imagem. Jorge Jesus já entendeu o mecanismo e o novo acerto compensará a alta do euro com a mudança tributária.

A direção rubro-negra entende que a moeda europeia diminuirá depois da crise e se chegar a um patamar de R$ 5,10, aproximadamente, fará o clube gastar valor próximo do contrato anterior, pela diferença nos impostos. Também está praticamente sacramentado o tempo de duração do novo acordo, até dezembro de 2021, final do mandato de Rodolfo Landim.

É provável que Jorge Jesus tenha uma reunião na noite desta terça-feira com seu advogado e com seu procurador, Bruno Macedo. O objetivo da conversa será fazer um pente fino no contrato para tirar qualquer dúvida ou discordância. Mas os pontos centrais, tempo e valor do acordo, estão definidos. Salvo mudança de última hora.

A razão do acerto quase sacramentado é simples: o Flamengo quer Jorge Jesus e Jorge Jesus quer o Flamengo.

Jorge Jesus já entendeu o mecanismo e o novo acerto compensará a alta do euro com a mudança tributária.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget