Flamengo volta a ficar receoso em relação ao futuro de Jorge Jesus

UOL: Leo Burlá

A novela que envolve a renovação com contrato de Jorge Jesus se arrasta, mas o Flamengo ainda mantém a fé de que conseguirá superar as divergências existentes e prolongar o casamento com o português.

Ao contrário de antes, a cúpula do clube já considera um possível revés e conversa internamente sobre um provável futuro sem o Mister. Não há absolutamente nenhuma outra negociação em curso, visto que o treinador é unanimidade na Gávea. Mas ante as últimas dificuldades, o Fla apenas se cerca para não ser pego de surpresa em caso de insucesso. Embora o "fico" seja uma vontade de todos, há o consenso de que a instituição seguirá forte independentemente de quem esteja no comando.

Foto: Alexandre Vidal
Os rubro-negros envolvidos na conversa entendem que a permanência do profissional é uma espécie de "seguro" para o futebol do clube, que teve um 2019 inesquecível para seu torcedor. No momento, o papo esfriou um pouco ante a incerteza do calendário, o que cria também interrogações sob o ponto de vista financeiro. Sem saber como serão as competições, as partes debatem os bônus por conquistas, fatia relevante dos vencimentos do português.

Após fixar o marco de um mês para o término do contrato (19 de maio) como uma data limite para uma sinalização mais clara, o Flamengo mudou a tática e agora já vê a aproximação do fim do acordo como benéfico. Como não há outras propostas na mesa, o clube aguarda um movimento mais claro de Jesus. O clube fez exatamente isso quando negociou a compra de Gabigol e levou a melhor no fim.

Em meio à pandemia da Covid-19, os rubro-negros viram a cotação do euro explodir, mas a moeda europeia está caindo progressivamente. Até o fim da noite de ontem (27), 1 euro valia R$ 5,81. No que diz respeito aos vencimentos fixos, clube e treinador conseguiram fixar um valor mais "camarada" do euro.

Discussões à parte, Jorge Jesus já deu demonstrações de que deseja ficar. A crise mundial atrasou e dificultou um pouco todo o processo, mas os envolvidos ainda creem em um final feliz, ainda que seja pouco provável um "sim" nos próximos dias.

Embora o "fico" seja uma vontade de todos, há o consenso de que a instituição seguirá forte independentemente de quem esteja no comando.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget