Gabigol fala sobre futebol sem público e ironiza torcidas rivais

TORCEDORES: Por Bruno Romão

Em live na “Fla TV”, Gabigol falou sobre o retorno das partidas, que ainda não tem data, mas que irá ocorrer com portões fechados. Dessa forma, o atacante acredita que o Flamengo sentirá falta do apoio que recebe das arquibancadas, algo que motiva os jogadores. Sendo assim, ele aproveitou para provocar outros times, já que, em sua visão, a falta de presença nos estádios não seria tão sentida.

“É muito complicado, mas a gente entende. Estamos passando por um momento difícil, mas tem que ser assim. Vamos sentir falta do Maracanã lotado e da torcida que sempre lota onde vamos. No nosso caso, como somos jogadores do Flamengo, vai ser mais difícil. Para alguns times não, porque a torcida já não vai”, declarou.

Foto: Divulgação
Além disso, o camisa 9 falou sobre a trágica perda de Jorginho, massagista do clube carioca. A morte foi sentida por todos no Flamengo, já que se tratava de uma pessoa bastante querida.

“Infelizmente tivemos a perda do Jorginho por causa do corona, algo que machucou bastante, me deixou muito mal. Foi o primeiro cara que eu encontrei no Ninho (do Urubu), o primeiro a me dar boas-vindas, a fazer massagem em mim, além de perguntar como eu estava nos primeiros treinos. Estou muito triste. Também já falei com a maioria que a gente não volte agora em luto por ele. Agora temos 11 estrelas no céu para nos apoiar lá de cima”, completou.

No nosso caso, como somos jogadores do Flamengo, vai ser mais difícil. Para alguns times não, porque a torcida já não vai.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget