Há exatos 6 meses, Flamengo conquistava o heptacampeonato

LANCE: Há exatos seis meses, o Flamengo desfilava em carro aberto durante aquela tarde, no Centro do Rio de Janeiro. E naquele mesmo 24 de maio (novembro), o clube era heptacampeão brasileiro sem entrar em campo, já que o Palmeiras, então vice-líder, tropeçava. Relembre sete curiosidades da campanha do clube no Brasileirão-2019 a seguir.

GRANA - Com o título do Brasileiro de 2019, o Flamengo embolsou R$ 33 milhões, oriundos apenas de premiação junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Em tempo: o da Libertadores, no dia anterior, culminou em mais R$ 50 milhões aos cofres do clube.

Foto: Marcelo Cortes
CANECOS - Em relação ao Campeonato Brasileiro, criado em 1971, o Flamengo igualou ao Corinthians como o maior vencedor (sete vezes). Na sequência aparecem Palmeiras e São Paulo, com seis.

FESTA VEIO CEDO - O título chegou na 34ª rodada e, assim, o Rubro-Negro igualou os feitos do São Paulo de 2007 e do Cruzeiro de 2013, em relação à conquista mais antecipada (quatro rodadas).

COMO O SANTOS DE PELÉ - Em um fim de semana, o Fla de Jorge Jesus levou a Libertadores e o Brasileiro. Com este feito, se tornou o primeiro clube desde 1963 a ganhar as duas taças no mesmo ano. Antes, só o Santos de Pelé tinha conseguido a façanha, ao conquistar a Taça Brasil (que recebeu o status de Brasileiro em 2010) e o torneio continental.

TRÍPLICE COROA - O Flamengo tornou-se o segundo clube brasileiro a ganhar três títulos no ano. Antes, o Cruzeiro de 2003 também havia conseguido, com o Mineiro, Brasileiro e Copa do Brasil. No entanto, o do Fla é considerado mais pesado, por ter a almejada taça da Libertadores em vez da copa nacional.

DOMÍNIO ABSOLUTO - Não bastasse a conquista nacional depois de dez anos, o Flamengo foi o clube que mais venceu (25 vezes), menos perdeu (três), mais gols marcou gols (73), melhor mandante (47 pontos), melhor visitante (34 pontos) e com o artilheiro (Gabigol, com 25 gols) do Brasileirão passado.

LÍDER DE PÚBLICO E RENDA - O jogo com maior público no Brasileiro de 2019 foi entre Flamengo e CSA, em outubro, no Maracanã: 65.649 pessoas, com renda de R$ 3.735.850. Se este dia não culminou na maior renda da competição, na temporada passada em si, com R$ 96.905.951 de valor bruto e ticket médio de R$ 51, o clube liderou dentre os demais no país. A média de pagantes foi de 52.537.

Com o título do Brasileiro de 2019, o Flamengo embolsou R$ 33 milhões, oriundos apenas de premiação.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget