Juan intermediou contato do Flamengo com o Bayer Leverkusen

UOL: O futebol brasileiro ainda não tem data para retornar, mas o Flamengo buscou contatos no exterior para saber como agir em meio à pandemia do novo coronavírus. Com auxílio do ex-zagueiro Juan, o clube carioca entrou em contato com o Bayer Leverkusen, uma das primeiras equipes da Alemanha a retomar os treinos.

"Juan era um antigo jogador nosso. Eu joguei com ele, então temos um bom contato. Conversamos sobre isso, nossa experiência aqui no Bayer Leverkusen, os passos que demos nas últimas semanas para voltar aos treinos e, assim espero, voltar aos jogos. Ele me questionou sobre essa situação", explicou ao UOL Esporte o ex-jogador e agora diretor-esportivo do Bayer Leverkusen, Simon Rolfes.

Foto: Alexandre Vidal
Juan foi revelado nas categorias de base do Flamengo em 1996 e se transferiu para o Bayer Leverkusen em 2002. No fim da carreira, retornou ao clube carioca, em 2016, e jogou por mais três anos antes de se aposentar.

O Flamengo chegou a fazer pressão para que os treinos no Rio de Janeiro fossem retomados no último dia 21 de abril, com o fim das férias dos atletas. A tentativa acabou não surtindo efeito e o clube rubro-negro seguiu Botafogo, Fluminense e Vasco e anunciou a extensão da folga dos atletas.

"Consultor" do Flamengo, o Bayer Leverkusen voltou aos treinos no início de abril seguindo protocolos de higiene e mantendo os atletas divididos em pequenos grupos. "No começo, separamos os atletas em grupos de dois. De manhã, eles recebiam uma mensagem do nosso departamento médico e tinham que responder cinco perguntas. Depois, vinham ao estádio e suas temperaturas eram medidas. Agora, estamos trabalhando em grupos de oito jogadores".

De acordo com Rolfes, os atletas chegaram a usar os quartos do hotel do estádio para tomarem banho e manterem o isolamento. "Ninguém almoçava ou tomava café da manhã juntos. Eles pegavam embalagens de lanches, de comida e levavam para casa".

A Alemanha é o sexto país do mundo com mais casos de Covid-19, com mais de 160 mil infectados - o Brasil é o 10º, com mais de 85 mil. Nos últimos dias, o governo alemão iniciou um processo de relaxamento do isolamento social, que deverá começar depois de 3 de maio.

O processo de reabertura faz com que o Campeonato Alemão discuta o retorno da temporada. Os clubes farão uma nova reunião na próxima semana e a tendência é que as partidas sejam liberadas para acontecer a partir do dia 16 de maio, com os portões fechados.

"Será algo maluco sem torcida. Os jogos do Campeonato Alemão normalmente são com estádios lotados, aquela atmosfera... Será diferente, assim como nossa preparação. Hoje vamos começar alguns testes. Um dia antes dos jogos faremos muitos testes e procedimentos que são muito diferentes do que acontecia normalmente. É diferente, mas temos que lidar com isso. Do ponto de vista da organização, estamos preparados para isso", disse Rolfes.

Mesmo sem torcida, o Bayer Leverkusen não pretende tirar os jogos da BayArena, que tem capacidade para pouco mais de 30 mil torcedores. "A infraestrutura do estádio é importante porque nos dá uma capacidade melhor para lidar com as questões de segurança, higiene etc.", completou.

O clube carioca entrou em contato com o Bayer Leverkusen, uma das primeiras equipes da Alemanha a retomar os treinos.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget