"O Flamengo nunca esperou o Ronaldo", diz jornalista

UOL: A contratação de Ronaldo pelo Corinthians em dezembro de 2008, depois de passar um período treinando na Gávea, então local de treinamento do Flamengo, causou desconforto em torcedores que esperavam vê-lo com a camisa rubro-negra. O próprio jogador se dizia torcedor do clube carioca quando aceitou um contrato para jogar no ataque corintiano.

No podcast Posse de Bola #30, Mauro Cezar Pereira afirma que a expectativa da torcida e do Flamengo pela contratação de Ronaldo foi uma lenda alimentada pela imprensa na época. Para ele, o atacante nunca demonstrou ser um torcedor flamenguista de verdade como Adriano.

Foto: Divulgação
"Isso é uma lenda que se criou. Ele treinava lá, não falava em jogar mais, nunca conversou com a diretoria do clube em voltar a jogar, e um dia foi convidado e foi para o Corinthians. Aí, por conveniência da imprensa, especialmente pelo bairrismo também, se criou a lenda de que o Flamengo esperava o Ronaldo. O Flamengo nunca esperou o Ronaldo, a torcida do Flamengo nunca ligou para o Ronaldo, o Ronaldo nunca foi Flamengo de verdade. Ele só falava que era Flamengo, igual ao Ricardo Teixeira", afirma Mauro Cezar.

"Naquele ano, o Flamengo contratou de volta o Adriano, o Adriano sim era ídolo do Flamengo e foi campeão brasileiro pelo Flamengo. O Ronaldo é ídolo do Corinthians, o Adriano é ídolo do Flamengo. Como o Adriano jogou no Corinthians e não é ídolo do Corinthians", completa o jornalista.

Mauro exemplifica a forma como a torcida rubro-negra trata Adriano e afirma que o então presidente flamenguista Márcio Braga só deu declarações que esperava contar com Ronaldo depois que viu a repercussão da ida do jogador ao Corinthians.

"Quando deu esse escarcéu que ele foi para o Corinthians, aí o Márcio Braga percebeu que para ele pegou mal, ele passou de otário, passou de bobo. Ele veio com esse papinho, mas eles não negociavam na época, é fato. O Ronaldo foi para onde ele quis. Talvez ele devesse ter consultado antes 'olha, eu estou treinando aqui', acho que deveria. Mas o Flamengo não teria condições de contratá-lo", afirma Mauro.

"O Flamengo estava aquela bagunça danada, e ganhou o campeonato de 2009 sabe-se lá como, mas ganhou porque tinha até bons jogadores ali e tinha o Petkovic jogando o que nunca jogou na vida e o Adriano que voltou, esse sim um grande ídolo até hoje da torcida do Flamengo. Os caras chamam ele de Didico, tem até apelido, um negócio muito próximo mesmo", finaliza o jornalista.

Para ele, o atacante nunca demonstrou ser um torcedor flamenguista de verdade como Adriano.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget