Rafinha recusou proposta do Fenerbahçe pelo Flamengo

FOX SPORTS: Após 14 temporadas na Alemanha, Rafinha voltou ao futebol brasileiro para defender o Flamengo. O lateral foi um dos grandes nomes do Rubro-Negro na última temporada, sendo um dos líderes das conquistas do Campeonato Brasileiro e da Conmebol Libertadores. Além disso, o prêmio de melhor o lateral-direito do Brasileirão credenciou o renomado jogador a ser novamente alvo do continente europeu.

Durante o FOX Sports Rádio desta quinta-feira (14 de maio), o apresentador Benjamin Back falou sobre as propostas que Rafinha recusou. Benja revelou que conversou com Lincoln, ex-jogador de Coritiba, Palmeiras e Avaí, e que hoje é empresário do lateral. No diálogo, o agente disse que o jogador de 34 anos está feliz no clube carioca e não deseja sair, apesar das ofertas.

Foto: Divulgação
"Ontem tinha sido veiculado a informação que o Rafinha poderia estar indo para o futebol chinês. Eu fui atrás dessas informações. Liguei para o Lincoln, que jogou com o Rafinha no Schalke 04, e também jogou no Palmeiras. Ele é o empresário do Rafinha. Liguei para ele. A resposta dele: 'Não, não está. Nem o Rafinha quer ir. Há uma cláusula no contrato do Rafinha que, se vier uma proposta de fora do Brasil, e o Rafinha quiser ir, ele sai a hora que quiser. O Lincoln explicou que essa cláusula foi posta no contrato que, por ele ter jogado muito tempo na Europa, não havia uma certeza de adaptação dele no Brasil. Então ficou condicionada essa cláusula no contrato e o Flamengo aceitou. Se um clube brasileiro quiser contratar o Rafinha, a multa é lá em cima, impagável. Ele falou que o Rafinha está feliz no Flamengo, e, como foi o melhor lateral do Campeonato Brasileiro, as sondagens chegam. Inclusive, ele me confidenciou que o Fenerbahçe fez uma proposta em janeiro e o Rafinha não quis nem conversar", começou por afirmar.

No começo do ano, o Lincoln já estava conversando com o Marcos Braz e o Bruno Spindel para renovação contratual. O contrato vence em junho de 2021. A conversa parou desde que iniciou a pandemia. O outro time que queria levar o Rafinha agora foi o Zenit, da Rússia. Porque o auxiliar-técnico de lá é o Tymoshchuk, que foi companheiro do Rafinha na Alemanha", finalizou.

Além disso, o prêmio de melhor o lateral-direito do Brasileirão credenciou o renomado jogador a ser novamente alvo do continente europeu.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget