Secretária de Esporte se diz a favor de times cariocas em Brasília

GLOBO ESPORTE: Ao que tudo indica, as diretorias de Flamengo e Vasco devem contar com o apoio do Governo do Distrito Federal (GDF) na tentativa de retomar os treinos dos times no DF. Nesta terça-feira, presidentes dos dois clubes cumpriram agenda na capital federal, incluindo almoço com o presidente Jair Bolsonaro e uma rápida passagem pelo Palácio do Buriti, sede do governo de Brasília.

Recém-nomeada secretária de Esporte do DF, Celina Leão se disse a favor da vinda dos times do Rio de Janeiro para um período de treinos em Brasília. A secretária, que deixou temporariamente cadeira de deputada federal para assumir o cargo no GDF, ressaltou que isso teria que ser feito seguindo medidas de precaução para os riscos de transmissão do novo coronavírus.

- Sou favorável, desde que todos os jogadores estejam testados. Ficariam confinados, não estariam em circulação. É possível retomar as atividades, mas com cautela, para treinos. Hoje, estão treinando em casa, em contato com as famílias. Seria uma comunidade, em contato, como uma família. Mas todos testados previamente - afirmou Celina em conversa com o GloboEsporte.com.

Foto: Luis Macedo / Agência Câmara
A comitiva, que inclui o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, e o presidente do Vasco, Alexandre Campello, tem uma nova reunião agendada para esta quarta-feira com o governador do DF, Ibaneis Rocha. No encontro, os clubes devem apresentar a proposta para o possível período na capital federal.

- Não tem nenhuma decisão tomada. O governador Ibaneis vai ouvi-los, ver o que seria possível. Claro, seguindo o cronograma do governo, com muito cuidado, muita cautela. Sem açodamento - disse Celina Leão.

Flamengo e Vasco buscam uma alternativa para retomarem as atividades suspensas desde março por conta da Covid-19. No Rio de Janeiro, o prefeito Marcelo Crivella reforçou nesta terça-feira que os treinos seguem proibidos na cidade. Foram liberadas apenas atividades de fisioterapia nos clubes.

Brasília como alternativa
Desde a reforma do Mané Garrincha para a Copa do Mundo de 2014, Brasília recebe com certa frequência grandes clubes de outros estados. Flamengo e Vasco são dois dos times que mais utilizaram a arena no Distrito Federal nos últimos anos.

Com a eleição do governador Ibaneis Rocha, em 2018, a relação do Flamengo com o governo do DF se tornou ainda mais estreita. O atual mandatário da capital federal é rubro-negro fervoroso e chegou a ser chefe de delegação do Flamengo em uma viagem ao Equador durante a campanha da Libertadores do ano passado.

No fim de abril, o Mané Garrincha chegou a ser oferecido à Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) para receber os jogos que faltam para o encerramento do Campeonato Carioca. Porém, o Ministério Público do DF recomendou que as negociações fossem suspensas por conta dos efeitos da pandemia do novo coronavírus na capital federal. A Arena BSB, sociedade que administra o espaço, e o GDF informaram, na semana passada, que cumpririam recomendação e suspenderiam as tratativas.

De acordo com os últimos dados divulgados pela Secretaria de Saúde do DF, foram registradas seis mortes pela Covid-19 na capital federal nas últimas 24 horas, somando 68 desde o início da pandemia. Pelos números oficiais, atualmente há 4.898 infectados na cidade.

A comitiva, que inclui o presidente do Flamengo, Landim, e o presidente do Vasco, Campello, tem uma nova reunião com o governador do DF, Ibaneis Rocha

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget