Everton Ribeiro destaca preparação do Flamengo

GLOBO ESPORTE: Noventa dias depois, microfones abertos no Ninho do Urubu. O Flamengo concedeu nesta quarta-feira a primeira coletiva de imprensa desde o início da pandemia do coronavírus. E o escolhido foi o capitão Everton Ribeiro, que encarou de frente temas esportivos e sociais.

Em sua quarta semana de treinamentos, o Flamengo foi o primeiro clube carioca a retomar as atividades após as férias coletivas de quase dois meses. O clube é ainda um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento dos protocolos de segurança no combate ao Covid 19:

Everton Ribeiro usando máscara do Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
- Sabemos que é um momento diferente. Mesmo não sabendo quando serão os jogos, estamos nos preparando para quando tiver uma data estarmos em alto nível. O Flamengo tem se preparado e discutido sobre a volta. Primeiro, era se organizar e se preparar. Acredito que vá ser corrido quando voltar e temos que estar prontos. Conversamos. O que mais queremos é voltar a jogar, mas temos que esperar e nos preparar.

A última partida do Flamengo aconteceu há quase três meses, no dia 15 de março, com vitória por 2 a 1 sobre a Portuguesa, pela Taça Rio, já com portões fechados. Restam duas rodadas por disputar pelo segundo turno do Carioca.

Campeão da Taça Guanabara, o Flamengo já está na final da competição e precisa ultrapassar o Fluminense na pontuação geral, além de vencer a Taça Rio, para ter a chance de ser campeão direto. No momento, o Tricolor tem dois pontos de vantagem.

Racismo

Tenho aprendido muito com meu amigo Willian. Depois da tragédia que aconteceu com o Floyd, todo movimento se voltou para falar do racismo. E no Brasil, pelo que tenho procurado saber, ainda existe muito, principalmente velado. Temos movimentos que procuram combater e temos que dar voz para que eles falem o que sentem, o que vivem. Tento estar mais próximo, até para que meus filhos e netos possam viver menos isso e possamos viver uma sociedade não racista, e mais justa.

Posicionamento de jogadores de futebol

Temos voz para isso. Temos uma população que nos vê como exemplo. Temos a mídia para ser utilizada em grandes causas. Primeiro, temos que nos preparar e conhecer a causa que vamos abordar. É preciso se posicionar sabendo o que está falando e não só por estar em evidência. É aprender para ter argumentos.

Renovação de Jorge Jesus

Quando soubemos que ele já tinha renovado, entregamos uma camisa para ele com o número 2021. Ele disse: "O que é isso? Ah, agora, sim. Agora, assinei". Cobrávamos diariamente. Queríamos que ele ficasse, todos se sentem bem com o trabalho do Mister".

Redução salarial

Sempre nos colocamos à disposição nas reuniões. Foram reuniões rápidas, até perguntamos sobre os funcionários, mas eles disseram que vem de cima e são coisas que acontecem para gerenciar o Flamengo. Estávamos à disposição até mesmo antes do corte. Quando vimos que precisava, sempre fomos muito coesos. Passávamos as decisões com a diretoria para o grupo de jogadores e todos concordaram. Procuramos fazer o mais rápido possível para ajudar o Flamengo.

Dificuldades financeiras

Todo mundo tem o direito de receber em dia. Sabemos a dificuldade que é, principalmente para clubes de menor expressão. Quanto mais os salários estiverem em dia, os profissionais vão ter a cabeça boa para trabalhar.

Impactos do "novo normal"

Vamos ter que nos adaptar nesta nova maneira. Já estamos reparando que as equipes que jogam em casa não estão tendo tanta vantagem quanto tinham antes com a torcida. Estamos preparando o psicológico para saber que será um novo momento.

Documentário sobre Jordan e Chicago Bulls

Esses caras são ícones, são exemplos de como gostam de treinar, como buscam a excelência. São exemplos para buscar o topo. Até o Mister comentou conosco.

Rafinha

Cada um que chegou tem sua contribuição. O Rafinha é um líder, é muito importante, além da qualidade, né?! É um cara que nos motiva muito.

Renovações de Diego Alves e Diego

Sempre procuramos saber sobre nossos companheiros, ainda mais dois que têm muita experiência e agregam a nossa equipe. Esperamos que possam ficar.

Mensagem para a sociedade se o futebol voltar

Temos que seguir o que os nossos governantes estão propondo. Uma hora flexibiliza, outra trava. Vamos seguir as ordens de cima. Torcemos muito para diminuir as mortes. Esperamos que o estado possa oferecer os protocolos de segurança que o Flamengo nos oferece.

Seleção

Acabou atrasando um pouquinho minha volta. Fui convocado, teriam os jogos, mas vou me preparar para voltar ainda mais forte e pronto para quando tiver uma convocação poder fazer o meu melhor.

O clube é ainda um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento dos protocolos de segurança no combate ao Covid 19.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget