Flamengo encaminha acordo de indenização com a quarta família

O DIA: Por Venê Casagrande

O departamento jurídico do Flamengo está perto de fechar mais um acordo com uma das famílias dos meninos vítimas no incêndio no Ninho do Urubu, em fevereiro de 2019. Trata-se dos parentes de Bernardo Pisetta. Segundo apurou a reportagem, os entes do ex-goleiro aceitaram os valores oferecidos pelo Rubro-Negro e irão assinar o trato nos próximos dias.

Como tem acontecido nas negociações, os valores envolvidos e as indenizações que serão pagas não foram reveladas para evitar a exposição dos familiares. A reportagem entrou em contato com o advogado Thiago Divanenko, que representa os parentes de Bernardo Pisetta. Thiago confirmou a informação e disse que agora precisa entender como será feita a assinatura, já que a pandemia do novo coronavírus tem afetado os voos ao Rio de Janeiro.

Foto: Divulgação
O Flamengo pagava R$ 5 mil por família com a qual não tinha acordo e, a partir de janeiro, teve que dobrar os valores. Os representantes que fecharam com o clube não recebem o valor determinado pela Justiça. Isso vale para todos os sobreviventes, feridos ou não, que também foram indenizados por dano moral.

O Flamengo, no entanto, pagou e paga todas as questões relacionadas a tratamento psicológico dos familiares. Assim como arcou com viagens e custos de sepultamento das vítimas. Dos 26 atletas que dormiam em um alojamento no Centro de Treinamento do clube, 10 morreram, três se feriram e treze escaparam sem ferimentos.

Sobreviventes

O incêndio fez com que Cauan Emanuel, Francisco Dyogo e Jhonata Ventura ficassem internados. Cauan recebeu alta no dia 11 de fevereiro e já retornou aos gramados. Francisco Dyogo, que deixou o hospital no dia 15 de fevereiro, também já está integrado à base rubro-negra. E Ventura, que teve 30% do corpo queimado, recebeu alta no dia 13 de abril.

Situação atual das negociações:

Athila Paixão, de 14 anos (Aceitou acordo)
Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, 14 anos (Sem acordo)
Bernardo Pisetta, 14 anos (Perto de acordo)
Christian Esmério, 15 anos (Sem acordo)
Gedson Santos, 14 anos (Aceitou acordo)
Jorge Eduardo Santos, 15 anos (Sem acordo)
Pablo Henrique da Silva Matos, 14 anos (Sem acordo)
Rykelmo de Souza Vianna, 16 anos (Mãe sem acordo, pai aceitou)
Samuel Thomas Rosa, 15 anos (Sem acordo)
Vitor Isaías, 15 anos (Aceitou acordo)

Como tem acontecido nas negociações, os valores envolvidos e as indenizações que serão pagas não foram reveladas para evitar a exposição dos familiares.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget