Flamengo foi o clube recordista de audiência na Globo com reprise

UOL ESPORTE VÊ TV: Gabriel Vaquer

Com nove semanas de exibição nas tardes de domingo da Globo, as reprises de futebol encerraram sua trajetória com dados abaixo do que a emissora carioca desejava para o horário. Se a meta inicial para as reprises era de 18 pontos de audiência na Grande São Paulo, os números passaram longe desse patamar. As edições de Santos e Palmeiras foram as maiores decepções.

Segundo levantamento feito pelo UOL Esporte, na média das nove partidas reprisadas, a Globo obteve 14 pontos de audiência na capital paulista, quatro pontos a menos do que projetava. Das nove partidas, apenas uma bateu a tal meta que os diretores da Globo queriam para o horário.

Foto: Reprodução
Os dois jogos menos vistos foram de Santos e Palmeiras, justamente nas duas últimas semanas. A lanterna foi para a reprise do dia 31 de maio, com a partida exibida entre Palmeiras e Deportivo Cali, pela final da Libertadores de 1999. O jogo obteve 10.0 pontos de audiência. A partida foi a única que não foi líder, perdendo para o programa da apresentadora Eliana, do SBT.

Pouco acima ficou a partida que fechou o ciclo de reprise, entre Santos e Peñarol (URU), pela Libertadores de 2011. Foram 10.3 pontos de Ibope. Diferente do jogo do Palmeiras, o jogo do time de Neymar foi líder nos números, batendo o SBT por uma diferença de dois pontos: 10.3 a 7.9.

A liderança do ranking ficou mesmo com a reprise do pentacampeonato brasileiro, na Copa do Mundo de 2002. O jogo entre Brasil e Alemanha ficou com 20,8 pontos e foi a única partida em São Paulo que atingiu a meta de Ibope estabelecida. O segundo lugar ficou com o tetra na Copa do Mundo de 1994, que no dia 26 de abril, ficou com 16,5 pontos.

No Rio de Janeiro, os campeões de audiência ficaram divididos. Os maiores índices vieram com o pentacampeonato da seleção e a reprise da final da Libertadores do ano passado, na qual o Flamengo levou a melhor sobre o River Plate. As transmissões em questão fecharam com 19 pontos de Ibope.

Por outro lado, as piores marcas vieram com o jogo que deu ao Fluminense o título do Campeonato Brasileiro de 2012, a final do Campeonato Brasileiro de 1995 vencida pelo Botafogo e com a seleção feminina campeã pan-americana em 2007. Todos esses jogos marcaram 11 pontos de audiência na Grande Rio de Janeiro.

A partir da semana que vem, a Globo vai exibir filmes no horário, que já ocupavam o horário antes das reprises começarem na Globo.

Ranking final de audiência na Grande SP, do primeiro ao último:

Copa 2002: Brasil x Alemanha - 20,8 pontos (12 de abril)
Copa 1994: Brasil x Itália - 16,5 pontos (26 de abril)
Copa das Confederações 2005: Brasil x Argentina - 15,1 pontos (19 de abril)
Copa das Confederações 2013: Brasil x Espanha - 15,1 pontos (3 de maio)
Mundial de Clubes 2012: Corinthians x Chelsea - 14,9 pontos (17 de maio)
Mundial de Clubes 2005: São Paulo x Liverpool - 12,1 pontos (24 de maio)
Final futebol feminino no Pan-2007: Brasil x EUA - 11,4 pontos (10 de maio)
Libertadores 2011: Santos x Peñarol - 10.3 pontos (7 de maio)
Libertadores 1999: Palmeiras x Deportivo Cali - 10.0 pontos (31 de maio)

Os maiores índices vieram com o pentacampeonato da seleção e a reprise da final da Libertadores do ano passado.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget