Permanência de Jorge Jesus é mais um título para o Flamengo

LANCE: Fabio Chiorino e Rodrigo Borges

Depois de uma longa negociação, impactada ainda pela pandemia do novo coronavírus, enfim o Flamengo acertou a permanência do técnico Jorge Jesus.

Apesar do elenco mais valioso do Brasil, a manutenção do treinador português era crucial para dar continuidade à jornada de conquistas rubro-negras - nos três meses em que a bola rolou em 2020, o Flamengo já havia levantado três canecos.

Foto: Divulgação
Em apenas seis meses da última temporada, Jesus quebrou paradigmas e transformou um amontado de ótimos jogadores numa orquestra afinada e que conquistaria Libertadores e Brasileirão. Chutou para longe o ranço infantil contra técnicos estrangeiros e provou que é possível ser campeão sem passar o ano poupando jogadores.

A única pulga atrás da orelha agora é o tempo. O novo vínculo deve valer até junho de 2021 e, sem data marcada para o retorno das competições, o período parece curto demais para as novas pretensões do clube. De qualquer forma, o "fico" de Jesus é a grande notícia que o torcedor esperava. Ótimo para o Flamengo, um pesadelo para os rivais.

Apesar do elenco mais valioso do Brasil, a manutenção do treinador português era crucial para dar continuidade à jornada de conquistas.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget